Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

Santa Fé [finalmente]

    duas semanas depois, venho finalmente escrever sobre Santa Fé! Tive que esperar pelas fotos da Claire, que a primeira vez que vieram, o meu computador resolveu não ler o cd... mas uma pen (ou duas neste caso) salva a vida a uma pessoa! lol

    como acho que já disse antes, há muito para contar. e para ajudar há montes de fotos! ^^ só espero que não se cansem a ler e a ver as fotos todas (são mais de 50 =x mesmo depois de ter escolhido entre todas!)

    ora, na 6ª feira à noite, quando saímos daqui, pensavamos que tinhamos 6/7 horas de caminho até Santa Fé. e teria sido assim se com uma hora de viagem não tivessemos tido um furo! primeiro tivemos de descobrir onde estava o pneu supelente. e não meus amigos, não estava no porta-bagagens. estava por baixo do carro!!! tinhamos que rodar uma espécie de porca até o pneu 'cair'. segundo espanto, o pneu nõa é igual aos outros! é metade do tamanho dos outros! e o senhor que nos ajudou (ok, ele acabou por mudar o pneu quase sozinho) disse que só podíamos ir a 35mph com aquele pneu... isto tudo enquanto assistencia é mentira! ligámos para a agência onde alugámos o carro  a perguntar como era, se alguém nos podia vir trazer um pneu novo e disseram que não. para voltarmos para casa e irmos lá no outro dia de manhã... claro que nós preferimos seguir! entretanto tinhamos basicamente esquecido as 35mph e íamos à volta das 50... claro que tinha que vir um polícia mandar-nos parar! isto praí às 2 da manhã. mas deixou-nos ir sem chatear. também tivemos um encontro muito engraçado com um veado que estava a pastelar na outra faixa e de repente resolveu vir conhecer o nosso carro mais de perto. isso e ver como nós eramos bonitas! a Cande, que ia a conduzir ainda deu uns berros porque diz que o veado se pôs mesmo ao lado da janela e abriu imenso os olhos e a Claire que estava a dormir acordou. 2 minutos depois já só conseguiamos rir. enfim, ao fim de 9 horas lá chegámos ao hotele finalmente descansámos!



deparamo-nos com uns sinais um bocadinho estranhos pelo caminho...



cá está o pneu furado...



e acho que por volta da uma da manhã, deixamos o Colorado para entrar no Novo México

    depois de acordarmos já tarde no outro dia, começamos a ligar para a empresa, primeiro aqui em Avon e depois em Santa Fé e lá nos disseram onde tínhamos que ir para mudar o pneu. e enquanto nos punham um pneu novo todo catita no carro nós fomos tomar o pequeno almoço... e fomos às compras!



este era o nosso belo pneu supelente...



e aqui estamos nós as 3. (o pneu furado era o do outro lado)



o restaurante onde tomámos o pequeno almoço chamava-se Flying Tortilla



as nossas belas compras depois do pequeno almoço...



as casas eram quase todas assim. a mim fez-me lembrar as casas em marrocos e companhia

    depois de termos comido, ido às compras, ter o pneu arranjado, parado pelo caminho para tirar fotos fomos ao Museu de Arte Colonial Espanhola. era pequenino mas gostei muito. e vi uma coisa bem engraçada! uma gravura (não sei se é assim que se chama) da nossa Santa Isabel! e dizia mesmo 'Santa Isabel de Portugal'. claro que aproveitei logo para contar a lenda! lol! também havia imensas imagens de Santo António de Pádua, ou de Lisboa (acho eu), mas eles tinham escrito em todas as legendas 'Santo António de Pádua'.


à entrada do museu



parte do edifício do museu

    a seguir ao Museu de Arte Colonial Espanhola, fomos ao Museu Índio de Artes e Cultura, que tinha basicamente a forma como os índios viviam dantes e como se foram adaptando ao modo de vida mais ocidental, até aos nossos dias.

 
uma das estátuas que estava à entrada do museu



e um carro que estava estacionado no parque

    depois dos museus fomos para a baixa de Santa Fé. não tinhamos grandes planos, até porque já era tarde, mas queriamos ir almoçar e ver as lojas de recuerdos e essas coisas todas.

estacionamos o carro perto do edifício do capitólio, que viemos a saber depois, é o único redondo do país e onde podemos entrar sempre que quisermos sem segurança idiota, isto porque no estado do Novo México não é permitido pagar aos legisladores, então eles só se encontram durante um mês por ano.



o capitólio



a capela de Loretto (que tem dentro a escada milagrosa)



esta é a catedral de Santa Fé



a casa mais antiga do país (o letreiro)



e agora sim, a casa mais antiga





a igreja mais antiga do país



e um hotel que foi contruído para se parecer com um pueblo (onde os índios viviam)





o nosso almoço



outro hotel, que foi construído no fim do Caminho de Santa Fé

    no domingo, depois de uma boa noite de descanso, saímos cedo do hotel e fomos para a baixa já com o dia todo planeado.


uma das ruas de Santa Fé



e qual não é o nosso espanto (meu e da Cande) quando nos deparámos com isto! ficámos histéricas e quando perguntámos se estavam abertos e a senhora disse que ainda não, fizemos o choradinho de que eramos portuguesa e espanhola e queríamos muito entrar e a senhora toda simpática lá nos deixou entrar!



tinham sumás de ananol! atum bom petisco, porca de murça, café sical (que eu trouxe cá para casa), bolachas Maria e Campechanas, chupa-chups (que eu trouxe para os miúdos)... bem, foi o delírio!





claro que tive que trazer uma bandeirinha! (sim porque vim para cá sem nada!) e também tinham dos Açores.



havia um cartaz maior, mas não consegui tirar foto. mas achei piada xD



ainda pensamos em dar um salto à famosa Route 66, mas depois não sei porquê, desistimos da ideia.



o famoso Café Pasquals



o interior do café



e nós com o nosso brunch

    depois do brunch, fomos para um 'historic tour', e mal sabíamos o que nos esperava! claro que nós eramos as únicas com menos de 40 anos (se bem que o grupo também era pequeno) e a guia era a coisa mais cómica deste mundo! devia ter uns 80 anos (ou perto) e era mesmo muito engraçada a falar e a contar estórias! quando lhe disse que era de Portugal, disse-me que tinha ido a Portugal de férias e quando estava a apanhar o combóio de uma cidade qualquer do Norte para ir para Lisboa caiu e partiu a anca... passou 12 dias no hospital e não viu mais nada! foram mais de 2 horas, nem sempre a andar, mas sempre a pé. e foi mesmo muito muito bom!




ao fundo vê-se o sítio onde os índios vão vender as suas peças. a guia disse-nos que eles têm que provar que foram eles que fizeram as suas peças e todos os dias cada um tira um número à sorte que dita o lugar onde se vão sentar (se bem lembro acho que são à volta de 70 lugares)



esqueci-me de tirar uma foto, mas havia uma inscrição por baixo daquele oblisco em que foi raspado a palavra 'selvagem' que se referia aos índios. mais uma vez, a guia contou-nos uma estória hilariante! ela diz que ninguém sabia como tinham feito aquilo, quem ou quando, e quando estava um dia a fazer uma das suas tours uma senhora veio e disse que tinha visto tudo e que a razão porque ninguém disse nada foi porque quem raspou a palavra tinha um colete e um capecete de obras!



isto é o topo da entrada da catedral de Santa Fé, e não sei se conseguem ver, mas tem um triângulo no meio com letras hebraicas. isto porque o bispo não tinha dinheiro para acabar a constução da catedral e quem lhe deu o resto do dinheiro foi um grupo de judeus alemães. e e o que está escrito em hebraico é 'obrigado'. mais tarde o mesmo bispo e a mulher de um dos governadores (salvo erro francesa e também judia) construiram a primeira escola não eclisiástica do país!



a entrada da capela de Loretto, que foi construida para servir um colégio interno de raparigas. e o que a lenda conta é que a igreja foi construída mas não tinha escadas para a parte do coro, e como a igreja era tão pequena, as irmãs não queriam uma escada que ocupasse toda a igreja. então alguém veio e contruiu uma escada em caracol, só que não construiu corrimão e durante uns anos ninguém usou a escada. até que um carpinteiro veio, construiu o corrimão e desapareceu. a explicação das irmãs é que era (nem mais nem menos) São José.



a escada milagrosa



e uma simulação de como seria a escada sem corrimão



já na hora de vir embora, com a mala do carro cheia (sim, a mala verde é minha. mas tinha lá dentro tudo o que comprei no fim de semana e a mala do computador!)



um 'saquinho' de pipocas no supermercado (eu não vos tinha já dito que tudo aqui vem em quantidades industriais?)



sim, as estradas são mesmo como nos filmes! lol



a camel rock (percebe-se porquê...)



as montanhas (e mesmo no deserto, ainda tinham neve!)



o típico new mexican xD



um dos sinais de animais com que nos deparámos



outro sinal



mais outro (este temos aqui aos montes, mas sem a parte dos buracos de balas)



já de volta ao Colorado



a dizer adeus ao Novo México



e claro que tínhamos que tirar uma foto de dia a isto! (se bem que as fotos estão mais escuras do que estava realmente...)



este foi o sinal mais estranho que vimos no caminho e eu ia tendo um ataque de coração por causa dele! a Cande de repente começa aos gritos "para, para, para!" e eu a olhar para a frente sem ver nada, nem veados, nem carros, nem polícia e depois lá percebi que era por causa do sinal! ainda fui um bocado com o coração aos pulos!

    tenho 2 vídeos que a Claire gravou, mas já tentei 2 vezes e não consegui pô-los online. e como acabei de perder a maior parte das fotos do post e vou ter que por tudo outra vez, desisto de por os filmes!
   
    ainda andamos meio perdidas em Leadville (onde tínhamos parado para mudar o pneu) porque havia obras na estrada que nós haviamos de seguir, mas lá encontramos o caminho. pelo meio ainda fomos seguidas por um carro da polícia, e já estavamos as 3 a pensar "outra vez não!" mas lá nos deixaram em paz sem sequer nos mandar parar.

    foi um fim de semana óptimo! cansativo, mas mesmo muito bom. é sempre bom encontrar alguém para viajar que tem os mesmo interesses que nós! ajuda na escolha do que queremos ver, ainda por cima quando temos tão pouco tempo!

    agora falta planear a próxima viagem ^^ (e por as fotos de Aspen também, mas isso fica para outra semana que ando há 2 dias a fazer este post e não sei se fica pronto hoje! rai's parta a lentidão da net!)
viajado por Mapha às 21:03
link do post | viajar | favorito
3 comentários:
De Maddie McCann a 5 de Maio de 2008 às 22:54
Omg, só agora li o post. Lindo :D as pipocas e o brunch *baba*
De Martita a 6 de Maio de 2008 às 20:17
aiiiiii mafas k inveja!!!k lindo tudo isso amiga! não conhecia essas escadas milagrosas adorei conhecer. essa loja de comida portuguesa e espanhola deve ter sido o delirio hummm, matar saudades das nossas bolachinhas maria!!hihi! mas k grande aventura com esse pneu (adorei o carro). beijocas enormes (mais uma vez obrigada pela fita, ta quase a mnh benção!!! :)
De Ed aka the-iguana a 12 de Maio de 2008 às 01:31
Jebus! tanta foto...
Parece ter sido uma viagem brutal ^^

Comentar post

a Mapha


ver perfil

seguir perfil

. 2 seguidores

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

as horas por cá

o tempo por aqui

Click for Dortmund, Germany Forecast

caixinha da regateirice


por aqui ouve-se

viagens recentes

au pair?? o que é isso?

last day

uma semana

procura-se!

último mês

tag 125

tag 110

countdowns

dia 100

fotos de munique

dia 79

2 meses+fotos+tretas

descubra as diferenças

liv, uma forte sucessora ...

dia 35

newsnewsnews

amanhã

contadores

apedate

primeiro

viagens passadas

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

viajar no tempo

as horas por lá [casa]

as horas por lá [edwards]

o tempo por lá [edwards]

Click for Edwards, Colorado Forecast

a primeira viagem foi há

subscrever feeds